Programa Sinapse da Inovação 2019 seleciona 10 projetos da UEL

0

A UEL teve o total de 10 projetos selecionados pelo Programa Sinapse da Inovação, sendo que 300 projetos foram aprovados. Os responsáveis terão até dia 8 de julho para fazer a inscrição para a próxima fase da seleção. Inscrições no endereço Programa Sinapse da Inovação.

O programa tem três fases e selecionará 100 projetos em todo o Paraná. Cada um receberá um investimento de até R$ 40 mil do governo estadual para levar a ideia adiante. O objetivo é incentivar o empreendedorismo inovador no estado.

Projetos - Só o Centro de Ciências Biológicas (CCB) teve quatros projetos selecionados, todos do Departamento de Microbiologia. Três deles são de pesquisas desenvolvidas no Laboratório de Bacteriologia Básica e Aplicada, coordenado pelos professores Renata Kobayashi e Gerson Nakazato. São eles "Aplicação de Nanopartículas de prata como antimicrobianos", "Autocicatrização de materiais cimentícios com adição de bactérias" e "Phage Technologies Group – Descobrindo Soluções Avançadas". Outro projeto faz parte das pesquisas produzidas no Laboratório de Ecologia Microbiana, coordenador pelo professor Galdino Andrade Filho. A pesquisa é "Inoculante a base de fungo micorrízico".

Já outras três pesquisas são do Centro de Ciências Exatas (CCE). Uma delas é a "Cálculo Automático de Dosagem de Medicamentos em UTI Neonatal", do professor Jacques Duílio Brancher, do Departamento de Ciências da Computação. Outra pesquisa, que pertence ao Departamento de Bioquímica e Biotecnologia, é de responsabilidade da professora Maria Antonia Pedrine Colabone Celligoi. Ela dirige o projeto "Novo biocosmético a base de Levana". Já Aneli de Melo Barbosa Dekker, atualmente professora sênior do Departamento de Química, foi selecionada com a pesquisa "Beta-Glucan-Bot: Ampliação de Escala e Regularização".

O Centro de Ciências Agrárias (CCA) teve sua participação na seleção com a pesquisa "Biossíntese de acil-açúcares: mediadores de resistência a pragas", produzida pelo professor Juliano Tadeu Vilela de Resende, do Departamento de Agronomia.

A pesquisa Gamellito adventures: health game para crianças com diabetes, do Centro de Educação, Comunicação e Artes (CECA), também foi submetida pela professora Rosane Fonseca de Freitas Martins, do Departamento de Design. Já do Centro de Ciências Humanas (CCH), o projeto selecionado foi SciChain – Blockchain for Science, do professor do Departamento de Ciências Sociais, Pablo Emanuel Romero Almada.

Sinapse - Criado em 2008 pela Fundação Certi, o Sinapse da Inovação já passou por quatro estados. Em 2019, pela primeira vez, o edital foi lançado no Paraná. Ao todo, o Programa já ajudou na criação de 483 empresas em Santa Catarina, que geraram mais de 2 mil empregos diretos. No Amazonas, foram 28 startups apoiadas e 46 no Espírito Santo. O programa será executado pelo Governo do Paraná, por meio da Celepar e Fundação Araucária, com operação da Fundação Certi e apoio do Sebrae/PR e Fiep.

Fonte: Agência UEL de notícias 
Compartilhe.

Deixe Uma Resposta