Abertas inscrições para o SBQ Acelera

0

Estão abertas até 10 de agosto as inscrições para o SBQ Acelera, programa da SBQ em parceria com a Associação Wylinka e o INCT Midas, que tem o objetivo de conectar projetos de pesquisa em química com o setor industrial. Os projetos selecionados passarão por diversas etapas de aceleração, monitorados pela equipe gestora do SBQ Acelera, e cinco finalistas farão a demonstração de seus produtos ou processos para potenciais investidores.
O programa, patrocinado pela Oxiteno e Rhodia-Solvay, é aberto a alunos de graduação, mestrado e doutorado, pós doutorandos e pesquisadores na área de química em todo o País. Os selecionados terão 12 semanas de atividades que incluem capacitações presenciais imersivas, consultorias, suporte de materiais didáticos e momentos de conexão com indústrias. O conteúdo é focado não em química, mas em estudo e validação de mercado, modelagem de negócios, desenvolvimento de prova de conceito e gestão. 

"Como química percebi a importância de conectar a indústria à pesquisa, e o programa SBQ Acelera é uma oportunidade incrível que fornecerá ferramentas, mentorias e conteúdo para que os participantes possam modelar seus projetos e se conectarem às indústrias, além de buscar desenvolver habilidades de empreendedorismo e inovação", afirma Priscila Souza (UFMG), Coordenadora de Inovação e Empreendimento do INCT Midas, uma das responsáveis pelo programa.
Os pilares do programa estão assim definidos no edital: "(i) relacionamento e networking entre grupos de pesquisa e empresas; (ii) solução de desafios do setor químico a partir de projetos desenvolvidos em universidades, institutos de pesquisa e demais instituições de ciência, tecnologia e inovação; (iii) desenvolvimento de habilidades empreendedoras no meio acadêmico, ao capacitar pesquisadores para gerar negócios e projetos em parceria com o mercado." 

Priscila explica que encerradas as inscrições pela internet, uma banca julgadora selecionará no mínimo 20 grupos para entrevistas online, para determinar os 10 participantes que começarão o programa. A primeira etapa focará em estudo de mercado e vai selecionar os cinco projetos que passarão para a etapa de modelagem do negócio. Depois será feito um teste do modelo antes do chamado "demo day", evento em que os grupos apresentam seus projetos para potenciais investidores.

As indústrias patrocinadoras buscam soluções para os seguintes desafios: uso de nanotecnologia na agricultura; eliminação de deposições ou incrustações em dutos de petróleo; modelagem computacional de tensoativos; aumento da biodegradabilidade de polímeros existentes; redução da emissão de efluentes; redução da geração de rejeito úmido na mineração. 

"É uma grande oportunidade que estamos dando a químicos que queiram aproximar seus projetos da indústria. O SBQ Acelera conta com metodologia, monitores e consultores de alta qualidade, por isso, esperamos que muitos grupos se inscrevam e se esforcem, porque estimamos uma carga horária semanal de 16 horas para cumprir as atividades", afirma o professor Norberto Peporine Lopes (FCFRP-USP), presidente da SBQ. 

Clique aqui para saber mais e inscreva-se! 

Fonte: Assessoria de imprensa da SBQ 
Compartilhe.

Deixe Uma Resposta