Transferência de Tecnologia

S ão classificados como transferências de tecnologias todos os procedimentos onde processos, produtos, serviços, conhecimento prático (know-how) e capacitação técnica, denominados ativos tecnológicos, de propriedade ou domínio da UEL.

Na UEL, a transferência de tecnologia se realizará por:

Licenciamento e transferências da propriedade intelectual da UEL:
Os ativos tecnológicos e científicos de propriedade ou co-propriedade da UEL, que estão protegidos por patentes (processos e produtos), registros (software, desenho industrial, circuitos integrados, cultivares, indicações geográficas) são colocados à disposição da sociedade. Para tanto é assinado entre as partes um contrato de transferência de tecnologia, licenciando ou cedendo o direito de uso ou exploração econômica destes ativos.
Cessão plena (venda) da propriedade intelectual da UEL:
Como funciona a cessão da propriedade
Prestação de Serviços Tecnológicos (PST):
Para a gestão de serviços tecnológicos demandados pela comunidade externa, o ETT conta com um Banco de Consultores e Prestadores de Serviço formado por servidores da UEL (docentes e técnicos), por empresas incubadas na INTUEL, por Empresas Juniores da UEL e por empresas de Base Tecnológica associadas à AINTEC. Se houver interesse pelos serviços, é feito um contrato de Prestação de Serviços Tecnológicos.
Treinamentos e Capacitação Tecnológica (TCT):
podem ser executados pelos componentes do Banco de Consultores e Prestadores de Serviço sob solicitação. Os treinamentos operam como a modalidade de prestação de serviço, de forma que os procedimentos são os mesmos do PST, descritos acima.
Outras formas de transferência de tecnologia:
Existem ainda outras formas…