Potenciais criadores de novos produtos alimentícios aprendem sobre Propriedade Intelectual com o EPI

0

Os alunos de pós-graduação em Ciência de Alimentos da UEL receberam a coordenadora do Escritório de Propriedade Intelectual (EPI) da Aintec, Isabela Guedes, na última sexta-feira (30). Isabela ministrou uma palestra sobre propriedade intelectual na disciplina de “Desenvolvimento de novos produtos alimentícios”, da professora Karla Bigetti Guergoletto.

Segundo a professora, a maioria dos alunos que entra nessa pós-graduação desenvolve algum tipo de produto inovador na área. Para a coordenadora do EPI, é justamente por isso que é importante falar sobre propriedade intelectual à turma, para proteger essas criações. “É de suma importância que os alunos compreendam os conceitos de propriedade intelectual e suas ramificações e como funciona o processo de depósito de patente no Brasil e na UEL”, explica.

Entre os conteúdos abordados por Isabela na palestra estavam os conceitos de propriedade intelectual e suas ramificações, os requisitos para se patentear um produto ou um processo e a importância de se proteger uma invenção.

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta