Primeiro Hackathon Construtech Londrina movimenta o setor da construção civil neste fim de semana

0

A partir sexta-feira (28/09), as dependências do Sinduscon/Ceal vão se transformar em uma grande arena de inovação. Reunidos em equipes, 64 inscritos participam do primeiro Hackathon Construtech Londrina. Durante todo o final de semana, os grupos vão elaborar soluções para as dificuldades mapeadas pelo setor, contando com a mentoria de profissionais para orientar os projetos. Na tarde de domingo, uma banca julgadora selecionará os três vencedores, que serão premiados durante o Eco.Tic 2018, no final de outubro, no Parque Ney Braga com valores em dinheiro: R$ 5 mil para o primeiro lugar, R$ 3 mil para o segundo e R$ 1 mil para o terceiro.

O evento é uma iniciativa da governança da construção civil – formada por entidades, órgãos públicos e instituições de ensino – que desde o início do ano se reúne para pensar em estratégias de inovação para o setor. O Hackathon Construtech Londrina é uma realização do Sinduscon Paraná Norte, Ceal e Sebrae, com o apoio especial do Senai e os patrocínios da A Yoshii, Caixa, Coopercard, Plaenge, Rotesma, Sistema Fiep, Thyssenkrupp, Vanguard e Yticon. Tem ainda os apoios da Codel, Crea-PR,  Mutua-PR, Navis Design e Tecnologia, Pitágoras, Unicesumar, Unifil, UEL, Unopar e Red Foot.

Entre os objetivos do evento estão o de promover o ambiente de inovação e empreendedorismo, gerar novas startups que atendam os gargalos do setor e criar oportunidades de negócios por meio de novos serviços e produtos para as empresas.  Os critérios de avaliação levarão em conta alguns pontos como a clareza da ideia, a validação do projeto, o impacto e/ou benefício que trará para o setor e o nível de inovação no mercado.

A regra básica é uma só: pensar “fora da caixa”. É consenso entre os organizadores que quem está fora do ambiente corporativo tende a enxergar com mais clareza a solução para os problemas, exatamente porque não está “preso” a paradigmas que envolvem a atividade no dia a dia das empresas.

Para o vice-presidente financeiro do Sinduscon Paraná Norte, Gerson Guariente Junior, a inovação é um caminho sem volta. “O mundo passa por um processo de mudança muito grande e nossas empresas não sobreviverão se não se transformarem rapidamente”, disse, observando que esse movimento tem que vir de fora para dentro. “Se uma empresa quiser criar um departamento de inovação vai demorar uns cinco anos por conta da burocracia. Não temos mais esse tempo”, alerta.

“A indústria da construção é a segunda mais atrasada do mundo em inovação e uso de tecnologia digital. Somos responsáveis por 50% dos resíduos produzidos no mundo. É um ambiente refratário e letárgico, mas temos recursos, capital e erramos menos do que o habitual nos negócios. Com o Hackathon estamos convidando gente nova a olhar para essa indústria mastodôntica, que tem problemas de inovação e empreendedorismo de fio a pavio”, diz Guariente.

Segundo ele, a expectativa do Sinduscon é de gerar, pelo menos, três novos negócios. “Vamos aproximá-los das empresas do setor e ajudá-los a se organizar até terem condições de receber recursos”, afirma. O Hackathon é o primeiro passo para consolidar a ambiciosa proposta de formar um Hub da Construção Civil, cujo propósito é criar um ambiente favorável à inovação e fazer as conexões necessárias para que as boas ideias circulem e transformem o setor.

O presidente do Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina, Brazil Alvim Versoza, ressalta que não apenas as empresas, mas também os profissionais do setor se comprometem a “abraçar” o processo.

O Hackathon Construtech Londrina será um marco, mas é só o começo de um processo muito maior. Ao estimular e acolher a inovação na construção civil, os realizadores, patrocinadores e apoiadores estão trabalhando juntos para inserir as empresas de Londrina e região na quarta revolução industrial – ou indústria 4.0 – um novo patamar de produção, onde a tecnologia otimiza processos e impulsiona negócios.


Serviço: Hackathon Construtech Londrina 2018

Local: Sede do Sinduscon/CEAL | Av. Maringá 2.400 – Londrina (PR)

 

Fonte: 

Assessoria de imprensa Sinduscon Paraná Norte

Rosângela Vale – 43 99102-1865

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta