Intuel acompanha tendência nacional e registra aumento no empreendedorismo feminino

0

A Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica da Universidade Estadual de Londrina (Intuel) registrou, nos últimos anos, um aumento no empreendedorismo feminino. Em 2014 todos os projetos incubados eram encabeçados por homens. Hoje, das 15 empresas que participam do programa da incubação, sete (46,6%) contam com pelo menos uma sócia.

Essa tendência também pode ser observada no cenário nacional. De acordo com a pesquisa Global Entrepreneurship Monitor de 2016, realizada pelo Sebrae e que analisou o empreendedorismo em 65 países, o Brasil e o México são os lugares que apresentam as taxas mais balanceadas entre empreendedores homens e mulheres responsáveis por novos negócios. No Brasil, a Taxa de Empreendedorismo Inicial (TEA) é de 19,9% para mulheres e 19,2% para os homens.

Para a gerente da Intuel, Bruna Ferrari, o aumento da participação das mulheres na incubadora e no cenário empreendedor é resultado de uma mudança cultural. “Se antes a ideia de uma mulher investir na carreira não era bem aceita, hoje o cenário contribui para que elas apostem em seus próprios projetos”, comemora.

Analita Soto, sócia da Personality, também acredita na mudança cultural e nos exemplos de mulheres que se tornaram chefes de grandes empresas. “Há alguns anos, os cargos de alto escalão só eram ofertados a homens e hoje temos mulheres CEOs de grandes corporações nas quais outras mulheres podem se espalhar”, celebra.

O papel da mulher no empreendedorismo

Para Audrey Lonny, sócia da GRAL, um dos maiores desafios das mulheres no empreendedorismo é conciliar todas as tarefas que têm fora do trabalho. “Além de enfrentarmos as mesmas dificuldades que qualquer empresário, nós também temos de lidar com os desafios inerentes de ‘ser mulher’, como ser mãe, esposa, cozinheira…” 

A sócia de Audrey na GRAL, Renata Kobayashi, vê esse desafio como algo que pode contribuir ao cenário empreendedor: "A mulher possui uma capacidade natural de ser multifuncional, de saber ouvir e ser comunicativa. Ela é mais flexível e se preocupa não só com o trabalho do funcionário, mas também com a qualidade de vida, promovendo o crescimento da empresa, dos trabalhadores e das famílias envolvidas", afirma.

Essa sensibilidade também é uma característica fundamental no empreendedorismo para Analita: “Acredito no potencial dessas profissionais para um ambiente de trabalho que não seja somente rentável financeiramente, mas que também seja sensível a todo o organismo empresarial”.

Para o futuro, a gerente da Intuel espera que o número de mulheres empreendedoras aumente, “mostrando que não existe um setor no qual um ou outro gênero é melhor”, declara Bruna.

GRAL Bioativos

A GRAL Bioativos atua na área da higiene pessoal e cosméticos, tendo como proposta de trabalho produzir nanotecnologia como matéria-prima para a indústria de cosméticos, fornecedores de insumos e farmácias magistrais.

Personality Contabilidade

A Personality  Contabilidade  é  uma  fintech voltada para área de contabilidade e gestão das micro e pequenas empresas.

Intuel

A Intuel faz parte da Agência de Inovação da UEL e tem como objetivo oferecer suporte para o desenvolvimento de empresas com potencial tecnológico. Além de estrutura física, a incubadora oferece cursos em áreas específicas, como gestão, financeiro e mercado. Atualmente ela conta com 15 empresas incubadas. Mais informações em: www.intuel.com.br.

Mariana Paschoal – assessoria de imprensa

 

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta