Chamada CNPq/MCTIC Nº 016/2016 – Segurança Alimentar e Nutricional no Âmbito da UNASUL

0

Buscando fomentar projetos de pesquisa científica e tecnológica no país na área de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN), o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações – MCTIC e o CNPq convidam os interessados a apresentarem suas propostas para a Chamada 016/2016. As propostas devem ser enviadas até às 23h59 do dia 19 de outubro de 2016.

Objetivos: Apoiar projetos de pesquisa científica e tecnológica que visem contribuir significativamente para o desenvolvimento científico e tecnológico do País na área de Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) no âmbito do Programa de Desenvolvimento de Estratégias de Caráter Socioeducativas e Sociotécnicas em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional para os países da União das Nações Sul Americanas (UNASUL).

Data de submissão: As propostas deverão ser encaminhadas ao CNPq exclusivamente via Internet, utilizando-se o Formulário de Propostas On-line, disponível na Plataforma Carlos Chagas, até às 23h59 (vinte e três horas e cinquenta e nove minutos), horário de Brasília, do dia 19 de outubro de 2016.

Recursos: As propostas aprovadas serão financiadas com recursos no valor global de R$ 4.000.000,00 (quatro milhões de reais), oriundos do orçamento do MCTIC, a serem liberados em até duas parcelas, de acordo com a disponibilidade orçamentária e financeira no CNPq. Os projetos terão valor máximo de financiamento de acordo com a modalidade que se encaixem (Chamada 016/2016 > 4 – Recusos Financeiros > 4.3).

Critérios de avaliação: 1) Mérito, originalidade e relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico e de inovação do País, considerando o preceito da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão; 2) Aderência ao objeto, objetivos e às demais diretrizes da Chamada; 3) Potencial de aplicabilidade e contribuição da proposta para o desenvolvimento sustentável local/regional, possibilitando ao público beneficiário prioritário a construção e socialização de conhecimentos, tecnologias e metodologias. 4) Atendimento ao Público Beneficiário Prioritário definido no item 1.3. do Edital; 5) Experiência prévia do proponente na área da proposta assim como sua capacidade técnica e gerencial para a execução do objeto; 6) Coerência e adequação entre a capacitação e a experiência da equipe do projeto aos objetivos, atividades e metas propostos; 7) Adequação da metodologia proposta; 8) Adequação do orçamento aos objetivos, atividades e metas propostos; 9) Adequação do cronograma de entrega dos produtos esperados como resultado do projeto; 10) Constituição de parceria(s) formalizada(s) entre instituições brasileiras e obrigatoriamente com pelo menos uma instituição da UNASUL que atue em atividades de SAN.

Chamada 16.2016 – Segurança Alimentar e Nutricional no Âmbito da Unasul

Fonte: CNPq

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta