BNDES reformula linha de crédito para projetos de eficiência energética

0

Para incentivar projetos de eficiência energética e geração distribuída no país, o BNDES deu início a uma reformulação de sua linha de financiamento para eficiência energética através do Proesco – Programa de Apoio a Projetos de Eficiência Energética.

O objetivo é deixar o programa mais acessível para as Empresas de Serviços de Conservação de Energia (ESCO), usuários finais de energia e empresas do setor elétrico. As mudanças incluem a melhora na comunicação para o mercado sobre a linha de eficiência e a articulação das diversas linhas de crédito do BNDES, definição de melhores prazos e custos (atualmente o Proesco financia 70% do projeto, com TJLP + 1,2%) e remuneração de risco, com prazo de seis anos com dois de carência.

Os temas prioritários para financiamento da linha reformulada, que deve estar disponível ainda neste ano, serão: smart grid, iluminação pública, edificações, geração distribuída, repotencialização de usinas e processos produtivos industriais.

Fonte: Agência Ambiente Energia
Compartilhe.

Deixe Uma Resposta