Transferência de Tecnologia cria nova metodologia para chegar ao mercado

0

Objetivo é melhorar a visibilidade para atender às empresas

O Escritório de Transferência de Tecnologia (ETT) da Agência de Inovação Tecnológica da UEL (Aintec) está promovendo uma nova metodologia para chegar ao mercado: a criação de portfólios de patentes já depositadas pela UEL. O objetivo desse serviço é dar mais visibilidade às tecnologias, facilitando o entendimento e a negociação com empresas, e atrair investidores.

A sumarização, nome dado a cada uma das patentes que vão compor o portfólio, está sendo dividida por setores, o que auxilia na procura realizada pelas empresas. Os setores foram escolhidos com base em mapeamentos já feitos pelo setor produtivo. Segundo a coordenadora do ETT, Tatiana Fiuza, “a proposta é conseguir aproximar ao máximo as patentes ao que a indústria necessita”. Alguns dos setores são Indústria Agroalimentar, Biotecnologia Aplicada à Indústria Agrícola e Florestal, Biotecnologia Aplicada à indústria Animal, Construção Civil e Saúde.

Ainda de acordo com Fiuza, “a universidade tem um papel importante na produção do conhecimento e fazer com que as tecnologias aqui desenvolvidas cheguem ao mercado é um passo fundamental”. Transferindo essa tecnologia para o mercado, é possível gerar maior competitividade nas empresas, o que vai contribuir para a criação de novos postos de trabalho, levando ao aumento de empregos e renda da população.

Atualmente, existem 69 patentes depositadas pela UEL no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI). A partir desses depósitos, é papel do ETT trabalhar nas negociações, formalizados os contratos e contabilizando as iniciativas de transferência de tecnologia. “Com a criação desses sumários executivos, a Aintec dá um salto na organização de uma nova metodologia de transferência de tecnologia que atende de forma rápida e prática todo o conhecimento disposto”, afirma a coordenadora.

Confira os sumários já preparados pela equipe da Aintec.

 

Compartilhe.

Deixe Uma Resposta